Exercício com constantes e apenas a instrução escrever (comando leia):

Vamos agora pedir para que o usuário digite os valores para as variáveis x e y com o comando leia, onde realizaremos também uma divisão e mudaremos o tipo das variáveis. Esta é a proposta do algoritmo:

Escreva um algoritmo que leia duas notas de provas realizadas por um determinado aluno. Neste algoritmo, você deve armazenar cada nota em sua determinada variável. A seguir, uma terceira variável deverá receber a média aritmética desses dois números. Escrever na tela o resultado obtido – a média do aluno.

Neste algoritmo utilizamos uma operação aritmética para realizar a média. Mais a frente teremos novos exemplos.

Lembre-se: Quando trabalhamos no exercício com as variáveis x,y,z reservamos um espaço na memória RAM do computador. Toda vez que executamos o programa com o VisualG e inserimos um valor para soma o valor anterior é perdido, ou seja, a memória RAM não armazena valores, é uma memória volátil. Assim será em nossos algoritmos.

Declaramos as variáveis x,y,z, mas poderíamos declarar a, b, c ou nota1, nota2, media… Apenas devemos atentar para não declaramos notação matemática como nome de variável, Pi, por exemplo. Palavras com acentos, espaço e operadores lógicos como E, OU, também não pode. Utilizando o VisualG fica fácil saber o que pode e o que não pode, pois se declararmos essas palavras reservadas, o VisualG, além de mostrar o erro na execução, deixa a variável declarada erradamente na cor azul, veja na imagem abaixo.


Por exemplo, não podemos declarar E como variável.

Agora vamos trabalhar com as variáveis do tipo caractere. A ideia é usar o mesmo algoritmo, perguntando o nome deste aluno. Veja o vídeo abaixo e faça o teste com o VisualG.

Para finalizar esta aula, inclui este vídeo (abaixo), que mostra a possibilidade do algoritmo receber as notas de dois alunos e a media total. Até a próxima aula.

 

Clique aqui para a próxima aula ou clique nos assuntos relacionados abaixo para revisão.